Perfil da Região

A base territorial do SIGRARJ compreende os municípios de Araruama, Areal, Armação dos Búzios, Arraial do Cabo, Belford Roxo, Cabo Frio, Casimiro de Abreu, Comendador Levy Gasparian, Duque de Caxias, Guapimirim, Iguaba Grande, Itaboraí, Itaguaí, Japeri, Magé, Mangaratiba, Maricá, Mesquita, Nilópolis, Niterói, Nova Iguaçu, Paracambi, Paraíba do Sul, Queimados, Rio Bonito, Rio das Ostras, São Gonçalo, São João de Meriti, São José do Vale do Rio Preto, São Pedro da Aldeia, Sapucaia, Saquarema, Seropédica, Silva Jardim, Tanguá e Três Rios, todos no estado do Rio de Janeiro.

Conheça o perfil de cada região no  Mapa do Desenvolvimento do Estado do Rio de Janeiro 2016-2025.

 

O Mapa

O atual cenário econômico do Rio de Janeiro e do país apresenta novos desafios para empresas, governantes, instituições públicas e cidadãos. É preciso ter uma direção muito clara a seguir para darmos início a um novo ciclo de crescimento no estado.

O Mapa do Desenvolvimento do Estado do Rio de Janeiro 2016-2025 reflete a visão do Sistema FIRJAN e seus associados, que acreditam que somente com uma indústria forte e o desenvolvimento equilibrado das regiões é que se terá um estado forte. Tem o objetivo de apontar os desafios reais a serem enfrentados e propor ações que permitirão superá-los, fazendo a transição entre o presente e o futuro. O objetivo é fazer do Rio de Janeiro o estado com melhor ambiente de negócios do país.

Agendas regionais

Para que o novo documento seja o mais preciso possível, ele conta com uma novidade: dez agendas regionais que trazem a visão dos empresários de cada região do estado sobre as ações locais prioritárias, permitindo atender, representar, distribuir desenvolvimento, oportunidades e benefícios de forma equilibrada. Essas agendas regionais serão atualizadas periodicamente entre os dias 25/07 e 17/08, conforme cada encontro regional for realizado, ficando então as respectivas propostas disponíveis para download. Elas servirão como importantes instrumentos para orientar a gestão pública municipal e estadual.

Propostas

Colocar as propostas do Mapa em prática e transformar o estado do Rio de Janeiro no melhor ambiente de negócios do país não será uma tarefa fácil. Há muito trabalho a ser realizado nos próximos dez anos.

Para isso, as propostas foram organizadas em cinco temas que, juntos, darão sustentação ao desenvolvimento do Rio de Janeiro: Sistema Tributário, Mercado de Trabalho, Infraestrutura, Gestão e Políticas Públicas e Gestão Empresarial.

Os quatro primeiros temas refletem as principais necessidades dos empresários e da sociedade em relação ao ambiente de negócios no estado do Rio e no Brasil. O quinto tema representa o compromisso da indústria do Rio para a melhoria do ambiente de negócios, promovendo investimentos em inovação e produtividade, aprimorando seus processos de gestão e governança e atuando de forma sustentável, tanto nos aspectos econômicos quanto sociais e ambientais.

Ação

Na base do Mapa do Desenvolvimento estão a articulação institucional, a mobilização empresarial, serviços SESI, SENAI e IEL, além da elaboração de estudos e posicionamentos, que reforçam a forma pela qual o Sistema FIRJAN atua. O esforço de mobilização, não apenas na formulação das propostas, confere legitimidade e força às suas ações. Principalmente porque grande parte das propostas dependerá da execução do setor público, como as medidas a serem adotadas pelos poderes Executivo e Legislativo federais, estaduais e municipais.

Engajamento e mobilização empresarial, aliados ao rigoroso embasamento técnico que sempre marcou a atuação do Sistema FIRJAN, serão as ferramentas fundamentais para a articulação institucional que atrairá o avanço proposto e esperado pela indústria do Rio de Janeiro.